sábado, 9 de Maio de 2009

Um pouco de História...


Em “Portugal Económico, Monumental e Artístico”, vem o seguinte: “… a sede do concelho é em Campelo, vila na margem direita do rio Douro, na encosta do monte de Tuaraz. Povoação muito antiga, os godos tinham-na classificado entre as suas predilectas. No século XII pertencia ao real padroado. A esposa de Dom Afonso Henriques doou-a ao esforçado cavaleiro D. Froyla Espaço no ano 1112, ficando na família desde até que, por falecimento de Fernando Martins de Sousa Coutinho, seu último possuidor, passou para os bens da coroa. O único foral que se lhe conhece foi-lhe concedido por Dom Manuel I em 1513”.


Ora, tudo isto se deve referir a Santa Leocádia de Baião e não à sede que então se chamava “ Vila de Campelo”. A povoação de Santa Leocádia está muito mais que a de Campelo na margem do Douro, está na encosta do monte de Tuaraz, o que não acontece a Campelo; foi dada a D. Froyla Espaço em 1112 e teve foral de Dom Manuel em 12 de Setembro de 1513.

Existiu na freguesia de Santa Leocádia a “Honra” da Lage com o juiz ordinário que o povo elegia na 2.ª oitava do Natal.

A pedra com as armas reais que pertenceu a esta “Honra” estava há anos – e talvez ainda hoje esteja – em muro da Quinta do Miradouro.


domingo, 29 de Março de 2009

Capelas de Santa Leocádia


Santa Leocádia é a freguesia que dá o nome ao concelho e foi sede do senhorio de Baião.
Em Santa Leocádia existem as seguintes capelas: a de São Jorge, pública, situada a pequena distância da igreja paroquial; a da casa de balde, da invocação de Nossa Senhora das Dores, pequenina e muito antiga; a da casa da Lage, da invocação da Nossa Senhora da Conceição. A talha destas capelas, assim como a matriz, deve ser aproximadamente da mesma época – renascença em transição para o barroco.
Há ainda a capela da Casa da Roupeira, ampla, de linhas simples e harmoniosas, mas sem ornatos artísticos. Existe no lugar de Arrabalde, uma capela que não chegou a ter altar e outra em ruínas no lugar dos Valados, cuja tribuna em puro estilo renascença foi mudada pelos proprietários para o oratório da Casa das Quartas, onde uma bula de Sé Apostólica concede que se celebre o Santo Sacrifício.

sábado, 21 de Março de 2009

O início



É com grande satisfação que dá-mos início ao primeiro blog dedicado exclusivamente à freguesia de Santa Leocádia.
Santa Leocádia é uma das vinte freguesias pertencentes ao concelho de Baião, sendo esta freguesia responsável pelo nome do mesmo.
É ainda de realçar que esta pequena povoação é privilegiada com uma maravilhosa vista sobre o rio Douro, sendo de destacar também, e principalmente, a simplicidade e a hospitalidade de um povo trabalhador e muito orgulhoso da sua tradição!
Assim sendo, este blog pretende dar a conhecer uma freguesia e também o seu concelho, pouco conhecidos a nível nacional e mostrar um pouco da sua história, gentes e cultura.